Por que a Wikipédia é sim boa fonte de consulta

Por Bia Martins

Atire a primeira pedra quem nunca consultou a Wikipédia para tirar uma dúvida ou saber mais sobre determinado assunto. Mesmo assim, não são poucos os que torcem o nariz ao saberem que a publicação pode ser editada literalmente por qualquer pessoa. Então, como pode uma obra assim, totalmente aberta a modificações por leigos, oferecer um conteúdo de boa qualidade ao menos como uma primeira fonte de consulta?

Publicada em 299 diferentes versões idiomáticas e com quase um milhão de artigos em português, a Wikipédia é o resultado das contribuições de mais de 30 milhões de colaboradores, sendo que atualmente 124 mil são considerados ativos por terem contribuído nos últimos 30 dias. Sem dúvida, uma obra de fôlego e que representa, como poucas, o poder e o valor da colaboração em rede: a produção colaborativa baseada em recursos comuns de que nos fala Yochai Benkler.

Mas o que é interessante de observar, e que pouca gente sabe, é que o produto final não é fruto do acaso nem mesmo pode ser caracterizado como uma produção emergente em um modelo de baixo para cima (bottom up), totalmente descentralizado. Na verdade, existe um sofisticado sistema sociotécnico que coordena as colaborações distribuídas e garante que todos os verbetes sigam um padrão de qualidade.

Num primeiro plano, há uma série de normas e protocolos de publicação que quem edita tem que seguir sob pena de ter sua contribuição excluída em pouquíssimo tempo. Entre eles estão diretrizes como a de verificabilidade, isto é, todo o material publicado deve poder ser aferido em uma fonte reputada. Outro requisito fundamental, e bastante complicado de ser seguido, é o Ponto de Vista Neutro, que determina que os artigos devem ser imparciais e que em temas controversos devem ser apresentados os pontos de vista de todos os campos em disputa.

Para fiscalizar o cumprimento dessas diretrizes existe uma estrutura de gerenciamento da publicação feita basicamente por voluntários. Na ponta, em contato direto com os colaboradores, estão os administradores que tomam conta das diversas versões idiomáticas. Atualmente há 72 administradores da Wikipédia Lusófona que, por sua vez, contam com a ajuda de 213 robôs para a tarefa de normatizar os verbetes, isto é, formatá-los dentro do padrão, e também de vigiar as edições e alertar para os casos de vandalismo. E, muitas vezes, apagar as contribuições que não estejam dentro do padrão.

Esse sistema que é descentralizado nas colaborações, mas centralizado na administração, gera uma série de conflitos, como se pode imaginar. É comum novatos se sentirem desmotivados pela reversão de suas contribuições pelos administradores, às vezes sem nem mesmo entenderem o porquê. Isso sem falar nas chamadas guerras de edição, nas quais colaboradores com pontos de vista opostos se digladiam para conseguir emplacar sua versão dos fatos, já que a proposta de neutralidade é muitas vezes inalcançável.

Mas o ponto a se destacar aqui é a confiabilidade que a Wikipédia conseguiu adquirir, em seus quase 17 anos de existência, fazendo uso desse modelo híbrido. Por um lado, tira proveito da colaboração de milhões de pessoas distribuídas em rede que produzem seu conteúdo. Por outro, faz prevalecer a tradição do saber enciclopédico, reproduzindo seu formato tanto no estilo dos verbetes como até mesmo ao seguir um estilo do livro impresso, na medida em que não faz uso mais amplo dos recursos do hipertexto. Por que não permitir, por exemplo, diversas versões de um mesmo verbete com diferentes pontos de vista?

Não há como negar a relevância da chamada enciclopédia colaborativa por mostrar na prática a possibilidade de se construir uma obra consistente através de contribuições voluntárias distribuídas em rede. Lado a lado, especialistas, estudantes, leigos, ativistas, colaboradores registrados ou anônimos, são responsáveis pela edição de mais de 40 milhões de artigos que são hoje importante fonte de referência em nível mundial.

Os diversos problemas de uma publicação dessa dimensão, das disputas de narrativas ao vandalismo, são em boa parte resolvidos por seu sofisticado sistema de gestão. Mas, sem dúvida, a complexidade de se chegar ao consenso, uma das diretrizes da publicação, deixa um tanto de conflito sem solução. Mas isso é uma outra discussão que por ora deixamos em aberto.

Para saber mais sobre o modelo de validação da Wikipédia, clique aqui.

Comentar

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
2 + 9 =
Resolva este problema matemático simples e digite o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.