Quem é o dono do mundo?

Quem é o dono do mundo?

Por Bia Martins

No início deste mês de novembro, foi realizado em The New School, em New York, a conferência Who Owns the World? The State of Plataform Cooperativism (algo como: Quem é o dono do mundo? O estado atual do Cooperativismo de Plataforma). À frente do evento, o professor e pesquisador Trebor Scholz, diretor do Institute for the Cooperative Digital Economy, nesta universidade, e autor do livro "Cooperativismo de Plataforma: Contestando a Economia do Compartilhamento Corporativa".

Cooperativismo de Plataforma, de forma muito resumida, são negócios que usam um website ou um aplicativo para vender bens ou serviços, com processos de decisão democráticos e propriedade compartilhada por trabalhadores e usuários. Já escrevi sobre isso neste post.

Como o impulso por uma tranformação democrática do digital vem de diferentes domínios, o evento apresenta reflexões teóricas ao lado de provocações artísticas e relatos de trabalhadores, proprietários e usuários. Cerca de 150 palestrantes de mais de 30 países puderam trocar ideias e aprender sobre tópicos como o poder do trabalhador na economia de plataforma, políticas antitrust, misoginia e racismo nessas cooperativas, sustentabilidade ecológica, novos modelos de governança distribuída e soberania de dados etc.

O bom é que parte das palestras e debates está disponível on-line (em inglês) para quem quiser se atualizar sobre o estado da arte dessa importante iniciativa que pode representar uma alternativa democrática concreta para o enfrentamento do novo tipo de exploração e precariedade do trabalho do capitalismo de plataforma que vem avançando a passos largos na chamada uberização do trabalho. Sobre este último tema, vale ler o post "Gig Economy e a glamorização do trabalho precário".

Assista aqui: https://livestream.com/internetsociety/platformcoop2019

Comentar

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
6 + 7 =
Resolva este problema matemático simples e digite o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.