Foi lançado em julho e-book Para além das máquinas de adorável graça, do professor e pesquisador Rafael Evangelista, que aborda a cultura hacker, sua história e seus preceitos, e a captura do fluxo informacional pelo capitalismo de vigilância, o que ameaça a própria democracia.

As fake news se tornaram um grande desafio para as democracias, na medida em que sua disseminação criminosa tem conseguido influir em importantes processos eleitorais, inclusive aqui no Brasil, como temos analisado em alguns posts recentes. Diante disso, é louvável a iniciativa do coletivo Intervozes de publicação da cartilha Desinformação: ameaça ao direito à comunicação muito além das fake news, lançada recentemente e disponível aqui para baixar.

Podemos entender as implicações sociais do desenvolvimento das tecnologias do algoritmo um pouco melhor lendo o recém lançado livro do professor e sociólogo Sergio Amadeu da Silveira: "Democracia e os códigos invisíveis: Como os algoritmos estão modulando comportamentos e escolhas políticas", à venda somente como e-book.

Acaba de ser lançado o livro "Cultura libre: crear, modificar, compartir", compilado por Esteban Magnani, pela Universidade Nacional de Rafaela,  situada na província de Santa Fé, Argentina. Os capítulos da publicação abordam diversos temas relacionados à cultura livre, como o licenciamento aberto de obras intelectuais; a sustentabilidade dos bens comuns culturais; o ensino com software livre; a rede como libertadora e também ferramenta de vigilância, entre outros.

Comunes. Economías de la colaboración é um livro coletivo produzido a partir dos debates gerados nos Encuentros Comunes, que ocorreram em maio de 2016 e junho de 2017 em Buenos Aires.

O livro Soberanía Tecnológica traz uma série de artigos que refletem sobre essa questão e apresentam algumas experiências e iniciativas desenvolvidas a partir dessas diretrizes, como sistemas autônomos de telefonia móvel, ferramentas de segurança, algoritmos soberanos e servidores éticos, entre outros.

Acaba de ser lançado no Brasil, pela editora da Universidade Federal da Bahia, o livro Mimi e Eunice em... Propriedade Intelectual, de Nina Paley, cartunista e ativista da cultura livre.

No livro Of Remixology, Ethics and Aesthetics after Remix, David J. Gunkel  vai além do debate sobre o remix como criatividade ou como apropriação indevida. Em vez disso, apresenta ao leitor a trajetória histórica do fenômeno em três sessões: Premix, Remix e Postmix

Sergio Amadeu, ativista e professor da Universidade Federal do ABC, acaba de lançar o livro Tudo sobre tod@s, Redes digitais, privacidade e venda de dados pessoais, no qual trata do problema cada vez mais crítico da violação do direito à privacidade no ambiente digital por um crescente mercado de dados.

O Baixa Cultura, em parceria com o Instituto Intersaber, acaba de lançar a Biblioteca do Comum, repositório digital e de livre acesso. A ideia de comum permeia o projeto, tanto nos temas que pretende abarcar –  cultura livre, participação digital, agricultura urbana, ciência cidadã, bens comuns, educação expandida, tecnologias sociais – como em sua forma de gestão.  A proposta é que seja mantida como uma horta urbana, quem cuida dela são os interessados em construir um conhecimento aberto e acessível a todos. Para isso, foi desenvolvida na plataforma de código aberto Omeka, de fácil manuseio por quem quiser se engajar na iniciativa.

Páginas