Commons

En defensa del Software Livre

A revista En Defensa del Software Livre publica em formato digital e em papel alguns dos mais importantes textos sobre Software e Cultura Livre, traduzidos para o espanhol.

Entre os títulos, destacam-se:

Por qué la libertad política depende de la libertad del software más que nunca, por Eben Moglen

El Manifiesto Telecomunista, por Dmytri Kleiner

Manifiesto por la Guerrilla del Acceso Abierto, por Aaron Swartz

Tesis sobre el trabajo digital, por Michel Bauwens

Commoning the Smart City

O painel Commoning the Smart City, da conferência European Association for the Study of Science and Technology 2018 , recebe até o dia 14 de fevereiro contribuições críticas abordando as tensões entre tecnologias Smart e Hackable no espaço público e suas relações com o comum.

Commons Transition Primer

O website Commons Transition Primer, criado pela P2P Foundation, traz uma série de recursos – entre textos, infográficos, áudios e vídeos –voltados aos estudos e debates a respeito de inúmeras iniciativas que estão sendo criadas em todo mundo baseadas na produção entre pares (P2P) e com vistas a geração de um bem comum (Commons).

Michel Bauwens: compartilhar infraestruturas e recursos é o único caminho para reduzir drasticamente a pegada humana

À frente da P2P Foundation, criada em 2005, Michel Bauwens tem pesquisado e incentivado as iniciativas de produção entre pares ao redor do mundo. Mais recentemente, ao lado de outros pesquisadores e ativistas, lançou a plataforma Commons Transition para registrar experiências práticas e propostas de políticas voltadas a um modelo de organização social mais humano, aberto, participativo e sustentável. Em entrevista ao Em Rede, Bauwens aborda diversos aspectos da produção entre pares, explica por que estamos atualmente na quarta onda de commons, na qual se destacam projetos urbanos, e de que modo as iniciativas entre pares, atualmente um tanto fragmentadas, podem alcançar dimensão planetária e maior poder político.

Os bens comuns intelectuais e a mercantilização

Miguel Said Vieira, 2014

Nos tempos atuais, quando muito da cultura do compartilhamento e da economia colaborativa vai sendo apropriado por grandes empresas, como o Facebook por exemplo, é fundamental pensar criticamente sobre bens comuns e mercantilização. Nesse sentido, a tese do Miguel Said Vieira traz uma contribuição de peso, com sólido embasamento teórico e estudos de caso bem desenhados.

Subscrever RSS - Commons