A revista En Defensa del Software Livre publica em formato digital e em papel alguns dos mais importantes textos sobre Software e Cultura Livre, traduzidos para o espanhol.

Entre os títulos, destacam-se:

Por qué la libertad política depende de la libertad del software más que nunca, por Eben Moglen

El Manifiesto Telecomunista, por Dmytri Kleiner

Manifiesto por la Guerrilla del Acceso Abierto, por Aaron Swartz

Tesis sobre el trabajo digital, por Michel Bauwens

A revista Digital Culture & Society dedicou uma edição completa ao tema “Making and Hacking”, com foco em estudos sobre comunidades e espaços hackers, entusiastas Do It Yourself e fablabs. Na publicação, acadêmicos, artistas e membros desses espaços examinam os sentidos e enredamentos das culturas maker e hacker, tanto do ponto de vista conceitual, metodológico como empírico.

Está sentindo asfixia de tanto ler as mesmas notícias repetidas infinitamente pelas redes privativas e fechadas? Seus problemas acabaram... O Journal Nodo Común é um aplicativo que reúne uma série blogs recomendados sobre comunicação, cultura, arte, ativismo, gestão cultural, comunicação comunitária, feminismos, hacking e muito mais.

Acaba de ser lançado o livro "Cultura libre: crear, modificar, compartir", compilado por Esteban Magnani, pela Universidade Nacional de Rafaela,  situada na província de Santa Fé, Argentina. Os capítulos da publicação abordam diversos temas relacionados à cultura livre, como o licenciamento aberto de obras intelectuais; a sustentabilidade dos bens comuns culturais; o ensino com software livre; a rede como libertadora e também ferramenta de vigilância, entre outros.

As tensões e contradições encontradas dentro de makerspaces, hackerspaces e fablabs são analisadas no último dossiê publicado pelo Journal of Peer Production que tem como tema geral Makerspaces e Instituições.

Comunes. Economías de la colaboración é um livro coletivo produzido a partir dos debates gerados nos Encuentros Comunes, que ocorreram em maio de 2016 e junho de 2017 em Buenos Aires.

O livro Soberanía Tecnológica traz uma série de artigos que refletem sobre essa questão e apresentam algumas experiências e iniciativas desenvolvidas a partir dessas diretrizes, como sistemas autônomos de telefonia móvel, ferramentas de segurança, algoritmos soberanos e servidores éticos, entre outros.

O website da Coalizão Direitos na Rede é uma importante referência para acompanhar as discussões que dizem respeito à Internet Livre no País. Criada em julho de 2016, a CDR é uma rede independente de organizações da sociedade civil e ativistas, cujo objetivo é contribuir para a conscientização sobre o direito ao acesso à Internet, a privacidade e a liberdade de expressão.

Sempre na linha de frente do debate sobre novas formas de produção entre pares, o Journal of Peer Production acaba de lançar uma edição especial sobre cidade. São oito artigos com estudos de caso que abordam os desafios da governança com foco em modelos cidadãos de produção entre pares, em cidades nas quais o governo local é chamado para estar em diálogo e construir sinergias com diferentes atores comunitários. Com diferentes metodologias, as pesquisas tratam de experiências em diversos países e continentes, como em Barcelona, Dhaka, Genoa, Melbourne, Nova Iorque, Paris e Rosario.

A ComCiência Revista Eletrônica de Jornalismo Científico acaba de lançar o Dossiê Indústria 4.0, com foco nas transformações que estão por vir não só pela crescente automatização das fábricas, mas também pelos avanços das tecnologias de comunicação e da biotecnologia.

Páginas

Aqui você encontra uma curadoria de publicações de periódicos, livros, teses e dissertações, além de sugestões de sites que abordam temas afins. Sugestões são super bem-vindas!